Conselhos àqueles que pensam em mudar de igreja

17
1418
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Por Renato Vargens

Assine o Blesss
Um náufrago foi encontrado dez anos depois em uma pequena ilha. Quando o capitão do navio de resgate chegou lá notou que havia três cabanas de bambu cobertas com folhas de coqueiro. “Por que três cabanas? Você não ficou aqui sozinho por dez anos?”, perguntou o capitão. “Sim, fiquei”, respondeu o náufrago. E completou: “Aquela primeira cabana é a minha casa e aquela segunda é a minha igreja”. “E o que é aquela terceira cabana ali adiante?”, insistiu o capitão. O magro e barbudo homem, com olhar de desprezo respondeu: “É a minha ex-igreja”

Pois é, essa pequena e engraçada história nos faz pensar na enorme quantidade de pessoas que trocam de igreja como se estivessem trocando de roupa. Assusta-me o fato de que inúmeros cristãos mudem de igreja com tanta facilidade. Talvez isso se deva ao pluralismo eclesiástico de nosso tempo, onde se é possível encontrar uma variedade enorme de igrejas que anunciam o evangelho de Cristo segundo o gosto do freguês. Isto se vê nitidamente nas pregações temáticas com palestras para empresários, endividados, adoecidos na alma, escravizados e etc.

Infelizmente, já vi casos de irmãos que com menos de 05 anos de caminhada cristã já passaram pelo menos por cinco igrejas. O interessante é que boa parte destes crentes migradores, ao chegarem a sua nova comunidade o fazem cheios de murmurações e reclamações quanto às comunidades passadas. No entanto, bastam alguns poucos meses de relacionamento com seus novos irmãos, para descobrirem de que essa igreja não é tão ungida quanto se pensava, e que a igreja do lado tem mais propostas a oferecer do que todas as outras que já passou.

Os que se comportam desta forma justificam suas saídas para uma nova igreja usando desculpas das mais estapafúrdias possíveis. Para estes, o problema é sempre dos outros, além obviamente de justificar seu afastamento afirmando que o pastor é fraco, que a palavra não é ungida, que o louvor não tem poder e que os crentes são falsos e cheios de pecados.

Caro leitor, vamos combinar uma coisa? Ainda que saibamos que algumas migrações eclesiásticas são absolutamente legitimas, temos que convir que boa parte destas não possuem o menor fundamento. O fato é que por vivermos em um tempo onde as relações são ralas e superficiais, as pessoas preferem voar como pássaros de igreja em igreja evitando relacionamentos mais íntimos e profundos do que serem confrontadas em seu modo errado de viver.

Isto posto, resolvi escrever algumas dicas àqueles que pensam em mudar de igreja:

  • Ore.
  • Analise os seus reais motivos. O que será que está motivando a querer mudar de igreja?
  • Cuidado com as suas emoções. Não é porque você se aborreceu com alguém que deve mudar de igreja. Aborrecimentos acontecerão em qualquer Comunidade cristã.
  • Avalie doutrinariamente a igreja que faz parte e a igreja que pretende ir. Lembre-se que igrejas saudáveis possuem um púlpito saudável.
  • A igreja que faz parte possui um governo despótico ditadorial onde o pastor é o ungido do Senhor e não pode ser questionado em absolutamente nada?
  • De que forma a igreja que faz parte lida com o dinheiro?
  • O que você espera de uma igreja? A pregação de todo Conselho de Deus, que lhe confronte ajudando-o a crescer como cristão, ou a ministração de mensagens temáticas que lhe satisfaçam os desejos de uma vida próspera e abençoada?
  • A igreja que você é membro prega “novas” revelações doutrinárias?
  • Se o motivo for razões doutrinárias, esses motivos são realmente importantes?
  • Você se sente tolhido e vítima de abuso espiritual?
  • Converse com seu pastor abertamente sobre o seu desejo e peça conselhos.
  • Ouça pessoas mais maduras e permita o benefício da dúvida.
  • Não seja precipitado. Lembre-se que a precipitação pode levá-lo a experimentar consequências desagradabilissimas.
Pense nisso!

***
Postou Renato Vargens, no Púlpito Cristão

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

17 COMENTÁRIOS

  1. Gosto de dizer que um dos motivos que me faz permancer na minha igreja são as falhas. É aí que eu posso fazer a diferença e também exercitar o chamado de servo. Pular de galho em galho não é a melhor saída e, quase sempre, o problema é do crente pulador e não da igreja. As dicas do texto são pertinentes e devem ser levadas em conta antes de se optar por mudar de congregação.

  2. "O fato é que por vivermos em um tempo onde as relações são ralas e superficiais, as pessoas preferem voar como pássaros de igreja em igreja evitando relacionamentos mais íntimos e profundos do que serem confrontadas em seu modo errado de viver." Com certeza! Viver é fácil, quero ver conviver! É natural você ter problemas de relacionamento em igrejas. Somos todos pecadores, erramos, e magoamos as pessoas.
    Mas é exatamente a partir daí que devemos olhar para nós mesmos e modificar nosso coração em vez de modificar a igreja em que congregamos.

    Glória a Deus!

  3. De fato há muitas pessoas no curral evangélico que costumam migrar de igreja em igreja insatisfeitos com tudo e com todos; menos consigo mesmos!…

    Eu honestamente desisti de participar de igrejas. Sou agora uma espécie de "evangélico não-praticante", cujas razões para isto estão em grande parte contidas no meu último post em meu blog. Sigo a Jesus sozinho; as palavras Dele me bastam.

    Mas não culpo a igreja A ou B por esta decisão, e sim a cultura evangélica em geral, a religiosidade crente que sufoca A Mensagem e exalta a forma, a aparência.

    Quem se sujeita a estar em uma igreja; quem se sente adequado em uma igraja; quem consegue estar regularmente em uma igreja deve entender que todas elas são constituidas por pessoas e, consequentemente, são falhas.

    Forte abraço, Leonardo.

  4. Um texto otimo, claro e bem elaborado pelo nosso amigo de blog Renato.

    Indico, apoio e reforço o blog dos caras, que dão a cara a bater em favor da obra de Cristo sem "cobrar" nada…….

    qtos já passarm pelas nossa igrejas, e por motivos desses sairam? e acabaram se perdendo como ovelha sem destino… esse que é o maior perigo…qual será a desculpa para adentrar inferno abaixo? o irmão fulano não olhou mais na minha cara! e o beltrano passou e fingiu que não me viu…..

    é triste e lamentável!!!! mas é o que acontece…

    Meus Parabéns, pela colocação dessa postagem….(ate dei um Crtl C e V no meu blog para divulgação do belissimo texto)

    Passem por lá http://www.dangelisabrantes.blogspot.com

    Abços….e fiquem na Paz!

  5. Ótimo este arquivo sobre a troca de igreja, e no seu conteúdo tudo é verídico, pois muitos tem se levado pelas ministraçoes temáticas e direcionadas a certas classes sociais, ou de acordo com certas situação que afligem tanto a justos como a impios, tanto ao que serve e teme a Deus como ao que não teme e não serve ao Senhor.

  6. Muito bom o post! As dicas são ótimas!

    Vivemos uma época que as pessoas desistem muito rápido uma das outras, vemos isto nas estatísticas de divórcios.
    Assim como num casamento muitos têm procurado algo somente para lhe "trazer prazer"! Conflitos, confrontações, perdão, não são coisas que "crentes" estão querendo encarar!
    Muitos estão procurando igrejas como procuram shoping center, bom estacionamento, bom atendimento, bons professores para cuidar de suas crianças, e aí vai…
    E igreja verdadeira é algo que dá trabalho! Precisamos consolar uns aos outros, perdoar,amar, confrontar e ser confrontados, servir, doar…

  7. Olá galera do Pulpito Cristão, queria explicar meu caso, a 3 anos entrei em uma igreja "Neopentecostal", começei a comprar livros e vi que tava errado alguma coisa, então mudei para 1º Igreja Batista, e me batizei lá, e agora com a Graça de Deus me foi esclarecido as Verdades do Evangelho e me tornei Calvinista, quando disse que para meu pastor na Batista ele disse que não era Calvinista e me explicou o credo da Batista, então discordei na hora e disse que permanecia Calvinista, e penso firmimente ir para a Igreja Presbiteriana do Brasil, eu estaria exagenrando indo para a Presbiteriana? o que me diz, e como faço pra ir (ex:Batismo, etc..)como funciona?

  8. É Phillipe, sua situação é um pouco complexa, a meu ver. Parece que vc crê no batismo imersionista e só para adultos, mas tb crê na predestinação. Nesse caso, o recomendável seria vc ir para uma igreja Batista Reformada, mas acho difícil encontrá-la. Ir para uma IPB não é má ideia. Mas lá vc deve encontrar doutrinas q tb ñ vai concordar. Eu tb creio como vc. Mas não vjo problema em vc continuar na Batista com essa sua fé, a não ser q seja desprezado por isso. Caso contrário, sendo amado em sua igreja e tendo oportunidade para crescer na graça e conhecimento do Senhor, fique…

  9. Estou em uma igreja a 3 anos, só que la tem muitos grupinhos, o que impede a socialização de novos membros, e ate hoje não consigo ter um relacionamento saudavel com eles, me sinto na superficialidade. Estou pensando em mudar de igreja, mas estou muita confusa. Não sei o que fazer.

  10. Como é difícil mudar de igreja, estou passando momentos muito difíceis, mas o pastor da igreja que congrego se colocou, pessoalmente, em reunião com o vice presidente como testemunha, contra meu ministério de encontro de casais com Cristo, que tenho desde antes de ir pra igreja. Ele não proibi que eu continue o trabalho, mas limita e não quer que outras pessoas da igreja se envolva. Como faço parte do conselho ministerial da igreja, penso que não devo ir contra a autoridade. Mas esse trabalho edifica meu lar e minha família. Peço conselho e oração.

  11. Penso que na maioria dos casos de "troca de igreja", o problema não está no lider mas é do liderado, o problema não está no louvor mas no adorador, o problema não está nas pessoas falsas lá dentro mas na certeza que "sou" melhor que todos, e por aí vai… E sem dizer que pela fraguesa dos homens é melhor pegar o caminho mais curto que é troca de igreja do que interceder e lutar para que aquele problema seja solucinado.

  12. Eu procurei por este tema no google exatamente por estar pensando em mudar de igreja. Na verdade, já venho tendo esse desejo a alguns meses, mas no momento isso tá bem evidente em mim.
    Fiquei afastada 5 anos da casa de Deus, por vários acontecimentos na minha vida pessoal que me levaram a um esfriamento. Em 2008 tive um filho, onde pude ver Deus me presenteando com o melhor presente de todos. Foi então que decidi voltar a congregar numa igreja. Como eu tinha uma bbzinho novo e ñ tinha companhia p/ caminhar, resolvi ficar numa igreja pertinho de casa, sendo que aqui pertinho só tem novos ministérios (igrejas pequenas e com pouca estrutura), mas decidida a voltar p/casa de Deus, fiquei numa na minha rua. Estou lá vai fazer 2 anos, mas tenho me sentido mtFRUSTRADA por vários acontecimentos. Eu ñ acredito que eu tenha o perfil do pulado de galho em galho, pois tenho um filho de quase 3 anos p/ o qual eu quero vinculo forte com a casa de Deus, só que além de inúmeras coisas, eu sinto falta de oferecer a ele(meu filho) uma igreja bem estruturada (como por exemplo trabalhos voltados p/ a criança e ensinamento da palavra na linguagem dele), como eu já tive, p/ um crescimento feliz na presença do Senhor. Já tem mais de 10 anos que me converti e sei que trocar de igreja por mtivos fúteis ñ levam em nada e que igreja perfeitinha só existe p/ visitante. O que vcs acham, ñ quero me precipitar, mas to bem motivada a, com cautela claro, começar a verificar uma outra igreja p/ nós dois.

  13. A questão é
    Gosto muito da minha igreja,muito mesmo,gosto das pregações do louvor das pessoas,mas não me dou bem com o meu líder,sinto q ñ estou sendo discipulo e nem ele um líder pra mim,contei pra ele um tempo atrás q sou homossexual e realmente estou tentando abesa ser curado por mais q eu erre as vezes,mas,estou correndo atrás,enfin ele me aconselhou 2 vezes apenas sobre o meu problema e nunca mais falou nada,sei q a mudança vem de mim mas ele errou?mas esse não é principal fator de querer sair da igreja apesar de não querer sair,a questão é q minha comunicação com ele é muito pouca mesmo,fico até constragido com não sei o q fazer se puderem me ajudar passo meu email
    steniopelotao@yahoo.com.br

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui