Will Smith: Sete Vidas (o escândalo da cruz)

12
2340
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

[Aviso: este texto contém spoiler]

Assine o Blesss
Por Leonardo Gonçalves

Assisti pela segunda vez o filme Sete Vidas. Protagonizado por Will Smith, o filme foi considerado a melhor produção de 2009. Nele, Will interpreta um homem que, após matar sete pessoas em um acidente automobilístico, decide ajudar outras sete pessoas. Pouco conveniente, porém, é o modo como ele decide ajudá-las: Doar seus órgãos em vida, afim de redimir sua culpa e aliviar a consciência.

No filme, Will comete suicídio. Para salvar sua namorada, que precisava urgentemente de um transplante de coração, o personagem tira a própria vida numa banheira, usando como instrumento de morte uma abelha do mar, um animal parecido com uma água viva, altamente mortífera. A cena da sua morte é emocionante. Impossível não chorar assistindo a tão contundente interpretação.

[Trailler do filme Sete Vidas: a melhor produção de 2009]

É óbvio que não se trata de uma produção cristã. Sendo assim, encontraremos algumas situações dissonantes com as verdades do evangelho, como por exemplo, a excessiva ênfase nas obras. Contudo, a semelhança entre o personagem de Will, que morre para dar vida a sete pessoas, e o nosso Senhor, que morreu para que todos pudessem viver, oferece uma analogia muito forte.

Assistindo a cena da morte do personagem, fiquei profundamente comovido, pois associava tal morte à morte de Cristo por mim. Lembrava-me também da única recomendação que Will fazia àqueles que seriam beneficiados através da sua vida: “Que cumpras meus desejos em sua vida”.

Meu amigo, não te impressiona o fato de Jesus te amar tanto ao ponto de dar a vida por ti? “Ninguém tem amor maior do que este, de dar a vida pelos seus amigos”. E o que você tem feito com essa vida que ele te deu: “Tem vivido apenas para a satisfação de seus desejos, ou tem buscado cumprir a vontade daquele que te deu a vida eterna?”

Pare, pense, e se for preciso mudar; mude. Peça a Deus que te ajuda a efetuar os ajustes necessários, de modo que você possa honrar a Jesus com a sua vida. É o mínimo que você pode fazer para agradar aquele que morreu uma morte tão cruel para que você possa viver.

***
Postado por Leonardo Gonçalves, no Púlpito Cristão

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

12 COMENTÁRIOS

  1. Caro Pastor Leonardo Gonçalves, conexão Lhama do Genizah:

    Sabe o que é um Spoiler?
    É uma informação que estraga a surpresa do filme. Tipo "o mocinho morre no final…" ou "o Bruce Willis está morto e não sabe…"

    Então:
    Sua postagem contém Spoilers…rs. Você bem que poderia ter-nos alertado, né?

    Um abraço

  2. Zé Luís,

    Este texto não é uma crítica de cinema. Ele é uma mensagem evangelística/devocional bem simples. Já fiz isso uma vez ao comparar o personagem de Jim Carey em "Sim, Senhor!" com alguns crentes que se deixam manipular por seus pastores.

    Desculpa se estraguei a surpresa do filme. Não foi minha intenção, embora soubesse desde princípio que assim seria.

  3. oie, a paz, estou acompanhando seu blog ja faz um tempo, leio tudo o q vc posta, às vezes vc diz tudo o que eu gostaria falar…
    Que Deus continue te abençoando, te capacitando e te usando como bom apologista que é!!!

  4. Mano Gabriel,

    Deixa de querer bancar o engraçadinho, porque quando você comentou eu já havia atualizado o texto, colocando uma observação de spoiler [não intencional] no começo da bagaça.

    Além disso, o "papel de engraçadinho" é nosso, rsrs… Assiste mesmo assim, que o filme é bom pra caramba.

  5. Estragado ou não, vou ter que assistir… pelo menos entendo melhor a mensagem…rs…

    Certa vez me aventurei a fazer minha modesta reflexão sobre o trecho final do Filme Blade Runner, de 1982, e mesmo assim recebo um e-mail mau humorado por falta da bendita tarja.

    Um abraço

  6. to nem ae se tem spoiler se tiver melhor ainda pois me livra de ver filmes ruins detesto pessoas americanizadas que finge ter bon senso … quer surpresa se joga de um penhasco escuro vc não sabe onde vai bater a cara rsrsrs no mais gostei o filme é otimo mesmo … saber o fim ate ajudou

  7. IAI GALERA, QUERIA FAZER SÓ UMA OBSERVAÇAO BEM INTEREÇANTE…

    mesmo q alguem tivesse a pretençao d querer compará o sacrificil de Jesus com o do perssonagem d will, teria falhado em grande "detalhe".

    will> morreu para tentar se redimir das mortes q causou e pedia para as pessoas serem boas para q seu esfoço nao tenha sido em vao( ele pensava muito mais nele mesmo)
    Jesus> morreu por amor

  8. Bom…
    Só hoje consegui ver o filme.

    Eu, qu choro com comercial de margarina, ou filme que o cachorrinho morre no final… me descambei de chorar(duro é aguentar alugação de filho rindo do pai chorão).

    Autos insights, Leo. Bom mesmo.

    Se imaginarmos que o Mestre atuou em um filme que poderia se chamar 7.000.000.000.000… de Vidas,e de sobra, ressucita, rende mais 10 posts.

    Valeu pela dica

    Sucesso!

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui