Será que tem gente demais na igreja?

5
44
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Por Renato Vargens

No dia 19 de junho de 1969, em sermão pregado no Madison Square Garden, em Nova York, Billy Graham declarou:

“O que precisamos nos Estados unidos é nos desfazermos de muita gente que temos na igreja. Creio que poderíamos fazer muito melhor trabalho se fôssemos discípulos dedicados e disciplinados como havia na igreja primitiva. É preciso ter disciplina para levantar uma hora mais cedo para estudar a bíblia. É preciso ter disciplina para desligar a televisão à noite uma hora mais cedo para gastá-la em oração. Julgo ser uma boa coisa o fato de os cristãos se tornarem minoria. Foi assim que a Igreja primitiva virou o mundo de cabeça para baixo. Creio que temos sido numerosos demais. Temos nos estorvado uns aos outros e não temos tido disciplina e dedicação. O que precisamos é de uma minoria dedicada para transformar este país e o mundo.”

Assine o Blesss

Ao fazer esta declaração Billy Graham o faz num contexto onde a maioria da população norte-americana considerava-se protestante. Isto porque, nos cultos dominicais os templos estavam cheios e repletos de pessoas, as quais religiosamente “prestavam seu culto a Deus.” Hoje no Brasil, a maioria não é evangélica, no entanto, percebe-se a olhos vistos que o número daqueles que se consideram evangélicos é a cada dia mais elevado. Entretanto, sou obrigado a confessar que boa parte destes que freqüentam os nossos cultos não tiveram uma genuína experiência de conversão. Na verdade, tais pessoas, movidas por um misticismo exacerbado, além de uma fé fundamentada no hedonismo, procuram em Deus as bênçãos que tantam necessitam.

Em alguns lugares deste imenso país ser crente virou moda. Isto porque, artistas, modelos e jogadores de futebol, além de socialites e emergentes, descobriram na fé cristã um tipo de amuleto pelo qual podem ser protegidos da inveja e do mal. Infelizmente, disciplina, oração e santidade não fazem parte da práxis de vida de muitos, aliás, para estes, Deus não passa de um galardoador, ou interventor, o qual mediante as orações determinantes submete-se a vontade de seus filhos atendendo todos os seus “decretos” instantaneamente.

Será que no Brasil não estamos com “crentes demais”? Será que os escândalos que tem tomado por assalto os nossos jornais, continuariam a acontecer se tivéssemos em nossos templos menos pessoas e mais gente compromisada com o reino? Acredito que o “evangelho” que temos pregado tem contribuído para a inchação de nossas congregações, levando-nos a impressão de que este evangelho fashion é que faz a diferença no mundo em que vivemos.

Caro leitor, a igreja brasileira necessita voltar a Palavra, redescobrir o quarto de oração, viver de forma santa, não negociando JAMAIS os valores do reino.

Pense nisso!

***
Postado por Renato Vargens, no blog do autor e no Púlpito Cristão

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

5 COMENTÁRIOS

  1. Há realmente muita gente dentro da igreja (instituição)… Mas com toda certeza há poucos na Igreja (de Cristo).

    Mas não precisamos ficar preocupados… Deus não perdeu o controle de nada…

    Quanto a nós, vamos continuar achando que a ação de Deus é efeito da nossa causa… Que conversão é entrar em um templo cristão, erguer a mão em um apelo, chorar de emoção e depois cumprir as tarefas espirituais!

    Sinceramente, estou cansado de ficar espantado ao notar que esse monte de gente dentro de igreja não significa nada para o Reino!

    Queridos, gente em templo evangélico não significa gente no Reino! Vamos entender isso de uma vez por todas! O camarada pode até 'parecer' que mudou (porque lê bíblia, faz oração, canta, é assíduo no encontro semanal etc) mas isso não passa de um movimento exterior disciplinador produzido pela pressão de um líder ou do grupo social… A mudança que Cristo produz é interna, intensa, total e independe da circunstância externa! Cristo é vida!

    Mas não tem problema… Deus não perdeu o controle de nada!!!

  2. Vou perguntar e responder:

    Sabe porque a Casa está cheia, vomitando gente pelos gargalos?

    – Por que fizeram da igreja um circo, em que os pregadores são palhaços, mágicos, malabaristas, que vendem seus espetáculos para iludir uma plateia de "crianças retardadas" que não gosta de estudar a Bíblia.

  3. Hoje em dia temos muitos frequentadores de Igrejas do que convertidos ao Evangelho de Cristo. E esta é a razão da preferência do povo pelas coisas bizarras que o pessoal da Teologia da Prosperidade oferece em detrimento do Verdadeiro Evangelho de Jesus Cristo.

    Tenhamos cada dia mais coragem e ousadia para proclamar o Evangelho Genuíno de Cristo Jesus.

  4. Gente !!! Tai'!!!
    Sera que se nos proletarios brasileiros formos ao Lula da Silva da mesma forma que a gente se apresenta pra Deus e disser:
    O seu Lula… e' o seguinte, oi qui… to determinando que … e despachar o pedido pra cima dele…
    Tai, acho que terminaram os problemas do povo brasileiro, especialmente os crentes… e' so' "determinar".
    Claro que, se a gente tem a petulancia, a audacia de determinar autoritariamente quqleur coisa pra cima de Deus… com o Lulinha vai ser moleza.
    Misercordia! Que vergonha meu povo!

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui