El diseño demanda un Diseñador

7
520
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Por Kyle Butt
[Para ler a versão em Português,
clique aqui]

Assine o Blesss
saac Newton fue un matemático y científico famoso que creía firmemente en Dios. Se cuenta que él tenía un amigo ateo que no creía en Dios. Don Isaac ideó un plan para tratar de convencer a su amigo que Dios sí existía y que había creado el Universo. Un día, fue a una carpintería y pidió al dueño que hiciera un modelo del sistema solar. Este modelo debía ser reducido, pintado intrincadamente y diseñado para parecerse, lo mejor posible, al sistema solar real.

Varias semanas después, Don Isaac recogió el modelo, lo pagó y lo colocó en el centro de una mesa en su casa. Algún tiempo después, su amigo ateo vino a visitarle. Cuando el amigo llegó a la casa del Dr. Newton, el modelo del sistema solar captó su atención, y él preguntó a Don Isaac si podía inspeccionar el modelo más de cerca. Desde luego, Don Isaac no tuvo ningún inconveniente. Cuando el ateo inspeccionó el modelo, se admiró de la artesanía y belleza de las diferentes piezas. Luego, preguntó al Dr. Newton quién había hecho ese maravilloso modelo del sistema solar. Don Isaac rápidamente respondió que nadie había hecho el modelo; este solo apareció en su mesa por casualidad. Confundido, el amigo repitió la pregunta, pero Newton una vez más se aferró testarudamente a su respuesta que el modelo se había originado solo por casualidad, como si hubiera salido “de la nada”. Finalmente, el amigo llegó a enfadarse, y fue en ese momento que Don Isaac explicó el propósito de su respuesta. Si él no podía convencer a su amigo que esta réplica rudimentaria del sistema solar se había originado “por accidente”, ¿cómo podía su amigo creer que el sistema solar real, con toda su complejidad y diseño, pudiera haberse originado solo por el tiempo y la casualidad? ¡Buen punto! El diseño demanda un Diseñador. Como un buen ejemplo, consideremos un órgano del cuerpo humano que demanda un Diseñador.


EL PENSAMIENTO DEL DISEÑO

Dentro de su cabeza se encuentra un órgano que pesa alrededor de 3 libras. Los doctores que operan a este órgano dicen que cuando lo tocan y lo sostienen en sus manos se siente como una masa de pan. Pero este órgano al que llamamos el cerebro ciertamente no es una masa de pan. Al contrario, es la “computadora” más compleja que el mundo jamás ha conocido.

El cerebro está compuesto de más de 10 trillones de células diferentes. Estas células trabajan juntas para enviar impulsos eléctricos a un índice de 273 millas por hora (393 pies por segundo). Las células nerviosas del cuerpo envían 2,000 impulsos al cerebro cada segundo. Estos impulsos vienen de 130,000 receptores de luz en el ojo, 100,000 receptores de sonido en los oídos, 3,000 papilas gustativas y más de 500,000 áreas táctiles. Mientras que esto ocurre, el cerebro no se mueve, aunque consume más del 25% del oxígeno del cuerpo y recibe el 20% de la sangre que el corazón bombea (lo cual es muy impresionante, considerando que el cerebro solo constituye el 2% del peso humano en un hombre promedio).

Si todas estas habilidades del cerebro no le impresionan, considere que el cerebro funciona como el “doctor” para el resto del cuerpo. Produce más de 50 fármacos, desde analgésicos (como la endorfina) hasta antidepresivos (como serotonina). Adicionalmente, el cerebro le permite recordar palabras, olores, imágenes y colores. De hecho, el cerebro hace tan buen trabajo al ayudar a una persona a recordar información que se ha estimado que requeriría 500 juegos de enciclopedias para reunir la información encontrada en el cerebro. Seamos honestos; si estuviéramos andando por el bosque un día y encontráramos una computadora portátil que pesara menos de tres libras, pero que pudiera realizar tareas más complejas que cualquier computadora en el mercado, ¿diríamos que esta se “originó por accidente”? Si usamos nuestros cerebros, podremos ver que el diseño que encontramos en el cerebro demanda un Diseñador.

***
Texto extraído de Apologetica press

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

7 COMENTÁRIOS

  1. Olá Leonardo, parabéns pelo blog Apologia do Cristianismo e pela tradução e publicação deste bom artigo. Tomarei a liberdade de publicá-lo amanhã no Arsenal do Crente, com os créditos. E aproveito para linká-lo por lá, na seção 'Apologética e Heresiologia'. Tentei inserir um comentário lá no blog, mas não pude.

    Deus lhe abençoe!

    Um abraço do irmão Sammis

  2. Está aí um tema que amo por demais !!! Me refiro ao Evolucionismo x Criacionismo .

    Eu defendo a idéia de um Design Intelligent , que não tem nada a ver com o Criacionismo e que vem sofrendo dura oposição no Estado , que já abraçou o Evolucionismo em sua grade curricular .

    Há várias diferenças de abordagem entre o Criacionismo e o Design Intelligent , mas ambos chegam ao mesmo denominador comum , ou seja , tudo que existe , necessariamente tem que ter um criador ( Kalam / Teleologia ).

    Recomendo a quem se interessa pelo assunto , obras de Phillip E. Johnson , J. P. Moreland , William L. Craig , Norman Geisler e William Paley .

    Quem se aprofundar nos estudos destes excelentes autores , terá toda a base filosófica e científica para debater com quaisquer proponentes do evolucionismo .

    Uma Obra que recomendo de aprtida e que já vai abrir um horizonte , é o livro de Norman Geisler , chamado : Fundamentos Inabaláveis e Não tenho Fé suficiente para ser Ateu .

    Mas uma Obra que é imprescindível é o Livro ( Darwin no Banco dos Réus ) de Phillip E. Johnson , editado pela Cultura Cristã .

    Quem é pai e possui filhos ainda pequenos , é importante se aprofundar no assunto , até para estarmos mais atentos o que se está ensinando aos nossos filhos .

    Poderia citar aqui vários pontos entre o Evolucionismo e Criacinismo , mas não seria tão preciso como as Obras citadas acima por mim .

    Um Outro Livro muito importante que recomendo também é A Caixa Preta de Darwin de Michael Behe ( muito bom ! ) .

    Bom , como defendi acima , postulo a Idéia de um Arquiteto ( Deus ) / Design Intelligent

  3. Saudações

    Não devia haver qualquer conflito entre Criacionismo e Evolucionismo, porque o primeiro é uma crença, o segundo é um facto, observado por que queira e explicado pela ciência. Quem ainda anda preocupado com isto, está desinformado, e deveria dedicar-se mais à leitura de obras de divulgação científica.

    Quanto a argumentos, lidos noutros sites, a favor do criacionismo apoiando-se no Génesis, afirmando que "está na Bíblia logo é verdade", relembro que a Bíblia não é para ser lida de modo literal, mas sim tendo em mente que se trata de alegorias. Em baixo do texto, em letras pequenas está a explicação teológica para o que se encontra escrito no texto Bíblico. Quem ainda interpreta literalmente a Bíblia deveria ler teologia actual.

    A religião deve aproximar-se da Ciência e do conhecimento científico actual e, por essa razão, o Vaticano aceitou a Teoria da Evolução das Espécies com os acrescentos actuais da Genética, e não aceita nem o criacionismo nem o Design Inteligente.

    Nem Darwin, nem a evolução, nem a Ciência pretende rejeitar Deus. A crença em Deus é 1 questão de fé e cada pessoa é livre de acreditar, se quiser. Como dizem os padres e os teólogos, a Ciência trata de factos, a religião de crenças.

    A obra de Michael Behe já foi refutada pelos cientistas há algum tempo, e qualquer pessoa que compreenda evolução percebe que o autor está claramente a induzir os leitores em erro.

    Abraços e Paz para todos.

    João

  4. Tempos atrás , não me recordo a data exata , Michael Behe convidou para um Debate o Sr. Richard Dawkins ( tão aclamado pelos evolucionistas ) , o que de fato aconteceu , foi a recusa de Richard Dawkins a este Debate , alegando desconhecer a Matéria abordada por Michael Behe em seu Livro ( A Caixa Preta de Darwin ) . O evolucionismo jamais deu quaisquer respostas convincentes à Origem da Vida . Uma pergunta que sempre faço aos defensores do evolucionismo , é que me respondam quem determina quem : A MATÉRIA DETERMINA A INFORMAÇÃO , OU A INFORMAÇÃO DETERMINA A MATÉRIA ?? QUEM SURGIU 1º – A INFORMAÇÃO OU A MATÉRIA ??? O QUE DETERMINA QUE UM EMBRIÃO SEJA UM RATO , UM CHIMPANZÉ OU UM HOMEM ??? O CÓDIGO GENÉTICO DE UM CAMUNDONGO É 97% SEMELHANTE AO HUMANO , ISTO QUER PROVAR O EVOLUCIONISMO OU A DETERMINAÇÃO DA MATÉRIA ???

    Recomendo a todos o Livro de Nancy Pearcey ( VERDADE ABSOLUTA ) , que trata pormenorizadamente este tema . Alister McGrath tem sido hoje o maior opositor de Richard Dawkins , ambos são formados pela Oxford , procurem adquirir os livros de Alister .

    O maior engodo da história é usar a Ciência como base para o evolucionismo . O evolucionismo só está na grade curricular porque é a única ( ainda ) ideía da origem do homem não Religiosa . O Design Intelligent tem conquistado amplo espaço nas Escolas Americanas , com certeza , em breve , estaremos também por aqui , abordando as 2 Idéias ( ou teorias ) , para que cada pessoa decida por qual adotar .

    Os evolucinistas tem corrido contra o tempo , porque ainda não conseguiram provar de forma enfática que o Design Intelligent é uma forma de criacionismo disfarçado .

    Em algumas escolas Americanas já se tem noticias de que ambas as " teorias " tem sido ensinada nas escolas .

    A idéia de que o evolucionismo não excetua a Deus é sofismática , pois a enfase maior do evolucionismo é fazer com que as pessoas creiam que estão neste mundo por uma "obra do acaso" .

    O grande Escritor Fiodor Dostoievisk já dizia : " SE DEUS NÃO EXISTE , TUDO É POSSÍVEL " – Livro : Irmãos Karamasov

    O evolucinismo não resiste aos argumentos da Lógica , e muito menos o estudo da Teleologia , da Metafísica , da Cosmologia , etc…

    Uma busca hercúlea por Steven Hawkins é buscar um calculo matemático que desarticule a Teoria da Relatividade ( Albert Einsten ) , o próprio Einsten fez isso com sua própria descoberta , falseando os números , mas os seus contemporaneos ( Hubble , Homason – Lei de Hubble-Homason )trouxeram luz a idéia originariamente descoberta pelo próprio Einten , ou seja , de que o Universo está em expansão , e se o Universo está em expansão , é imaginável que esta expansão partiu de um ponto " zero " , dando-se aí a Teoria do Big-Bang , ou grande explosão .

    Os evolucionistas ainda estão queimando neurônios para desarticular esta idéia e afirmar que o Universo sempre existiu , muitos chegam a dizer que há múltiplos Universos , outros ainda mais ousados defendem a " panspermia " , o que é de se estranhar , já que estes " tais cientistas " aviltam a crença no criacionismo .

    E para finalizar , os maiores Cientistas que já pisaram esta terra , todos foram cristãos devotos , exemplo : Pascal , Newton , Mendel , Galileu , Copérnico , Bacon ( tanto o Roger como o Francis ) , etc…

    A Ciência jamais conseguirá destruir Deus !!!!!

  5. Caro peregrino,

    Faz umas quantas confusões.

    A ciência não quer destruir a religião. Já disse e repito: a ciência trata de factos e a religião de crenças. Isto digo eu e dizem os teólogos. O criacionismo como vem descrito na Bíblia não existe, foi um modo que um povo (o hebreu) arranjou há milhares de anos para explicar a origem do mundo que o rodeava, de uma maneira metafórica e poética e, claro, não-histórica. Aliás na Bíblia deverá ler não só o corpo de texto (a narrativa), como também os textos de rodapé, escritos pelos teólogos para explicarem o texto, e aí se lê que o mundo não foi criado dessa maneira, que é impossível ter sido, e os próprios teólogos confirmam a evolução. Recordo as palavras do teólogo Padre Carreira das Neves: "Se alguém no século XXI ainda anda a discutir o criacionismo, revela ignorância bíblica".

    Quanto ao Inteligent Design (ID), a questão é de ser ensinado nas aulas de Ciências!! O que não pode, por 2 razões: 1- O que é ensinado em ciências são os fenómenos e a explicação científica que os explica e que pode ser comprovada. Deus não pode ser comprovado. 2- O ID afirma que a evolução dá-se num sendtido pre-determinado, o que é falso, as variações são aleatórias e são seleccionadas ao acaso.

    Que o ID seja ensinado como religião ou filosofia, por mim td bem, mas nunca como ciência porque não o é. (sou cientista, portanto falo com conhecimento de causa).

    Recordo-lhe que no passado considerava-se que os terramotos, maremotos, erupções vulcânicas, entre outros fenómenos, tinham 1 explicação divina, coisa que hoje é universalmente aceite que não é assim e conhecem-se as causas e explicações para esses fenómenos.

    Tem razão ao afirmar que grandes cientistas eram religiosos, mas omitiu outros grandes cientistas que não o eram: La Mettrie, e muitos outros do século XVIII. Também esqueceu de dizer que muitos dos que refriu são deístas e não teístas, o que faz diferença. E temos de ver que esta análise da religião dos cientistas tem de ser relacionada com o contexto da época (regra de historiografia) – Falo por experiência porque também trabalho em história das ciências.

    Quanto à explicação do que porque é que um rato é um rato e não outro animal, e as semelhanças de ADN, isso está explicado numa disciplina "Biologia do Desenvolvimento". O manual por nós utilizado é "Developmental Biology" do Scott Gilbert, pode encontrar na FNAC ou na Bertrand.

    Concluo com: A ciência não pretende destruir Deus, pode ficar descansado, só queremos descobrir as explicações para os fenómenos observados 😉

    Cumprimentos para todos os leitores.

    JF

  6. O Design Intelligent parte do pressuposto da Origem , Originador e Propósito ( Teleologia , kalam , Ontologia , Cosmologia , Biogênesi )

    O Evolucionismo parte do pressuposto do Acaso , Séries indeterminadas das Formas , da Ideologia Ateísta , das Bases não Normativas e sim Empíricas .

    Basta ler Artigos e Livros dos maiores proponentes do evolucionismo e certificar-se dos argumentos falazes e sofismáticos .

    Repito o que disse Fiodor Dostoievisk : " SE DEUS NÃO EXISTE , TUDO É POSSÍVEL "

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui