Deus morreu?

2
244
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Por Márcio de Souza
Encontrei esses dias com um velho amigo que congregou comigo faz um tempo. Assombrou-me o fato dele ter mudado tanto. Palavreado mudado, costumes diferentes, assuntos controversos. Ta bem, todo mundo muda, mas ele não apenas mudou, ele excluiu Jesus de seu estilo de vida.

Já reparou que tem gente que vive “matando” Deus por aí? Por vezes eu tenho a nítida impressão que essas pessoas me acham um verdadeiro idiota por conta da fé que professo e não abro mão. Elas descobriram o mundo e gostaram, experimentaram o pecado e aderiram a suas práticas.

Assine o Blesss

Eu não consigo entender tamanha transformação. Geralmente o perfil dessa galera é ter um histórico de repressão quando criança, ser forçado a fazer aquilo que não quer, ser obrigado a ir a igreja mesmo em situações extremas e quando descobrem que há uma janela que leva para uma realidade onde os horizontes estão abertos porém distorcidos aproveitam a abertura e mergulham por ela.

Que Deus tenha misericórdia e que Ele se revele a essas pessoas de forma que os paradigmas estabelecidos pela frieza e dureza de coração sejam quebrados e todo o deslumbre com relação ao sistema mundo se torne desilusão.

E no mais… tudo na mais santa paz!

***
Postado por Márcio de Souza, no Púlpito Cristão

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

2 COMENTÁRIOS

  1. Isso mostra exatamente que frequentar igreja ou ter um rotulo como batista, presbiteriano, catolico ou o que seja, nao faz de ninguem um cristao, assim como frequentar o galinheiro todos os dias nao vai fazer de ninguem uma galinha ou um galo.
    O importante a ser ensinado (e nao tem sido) nao e' andar por ai com Jesus no "peito" e sim ensinar a ter "peito" pra andar com Jesus.
    Isso sim faz diferenca!

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui