Congresso de Famílias em Cabo Verde – África

1
607
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Por Renato Vargens

Entre os dias 26 de outubro e 01 de novembro estarei pregando em um Congresso de Familias, organizado pela Igreja do Nazareno, na cidade de Praia, capital de Cabo Verde na África.

Assine o Blesss

Cabo Verde é um país africano, arquipélago de origem vulcânica, constituído por dez ilhas. Está localizado no Oceano Atlântico, a 640 km a oeste de Dacar, Senegal. Outros vizinhos são a Mauritânia, a Gâmbia e a Guiné-Bissau, ou seja, todos na faixa costeira ocidental da África que vai do Cabo Branco às ilhas Bijagós.

O país foi descoberto em 1460 por Diogo Gomes ao serviço da coroa portuguesa, que encontrou as ilhas desabitadas e aparentemente sem indícios de anterior presença humana. Foi colónia de Portugal desde o século XV até sua independência em 1975.

As primeiras ilhas do Arquipélago de Cabo Verde terão sido descobertas em 1456 por Diogo Gomes e Alvise Cadamosto, e as seguintes em 1461 por Diogo Gomes e António Noli ao serviço da coroa portuguesa, que encontraram as ilhas desabitadas e aparentemente sem indícios de anterior presença humana. Começaram a ser colonizadas por Portugal por meio do sistema de Capitanias hereditárias dois anos mais tarde, trazendo escravos da costa da África para plantar algodão, árvores frutíferas e cana-de-açúcar para a ilha de Santiago. Nessa ilha fundaram a cidade de Ribeira Grande, que se tornou muito importante para o comércio de escravos. A importância da cidade cresceu de tal maneira que, em 1541, foi atacada por piratas e, em 1585, pelo corsário Inglês Francis Drake. Depois de um forte ataque pirata francês, no ano de 1712, a cidade foi abandonada.

A posição estratégica das ilhas nas rotas que ligavam Portugal ao Brasil e ao resto da África contribuíram para o fato dessas serem utilizadas como entreposto comercial e de aprovisionamento. Abolido o tráfico de escravos em 1876, o interesse comercial do arquipélago para a metrópole decresceu, só voltando a ter importância a partir da segunda metade do século XX. No entanto já tinham sido criadas as condições para o Cabo Verde de hoje: europeus e africanos uniram-se numa simbiose, criando um povo de características próprias.

Os cabo-verdianos são de maioria Católica Romana (mais de 90%). Outras igrejas também estão implantadas em Cabo Verde, com destaque para a Igreja do Nazareno. A liberdade de religião é garantida pela Constituição e respeitada pelo governo. Há boas relações entre as diversas confissões religiosas.

Isto posto, rogo a o Senhor nosso Deus me use com graça e sabedoria levando-me com intrepidez a anunciar as boas novas do Evangelho Eterno.

Vale a pena ressaltar que durante o tempo em que lá estiver continuarei postando os meus artigos pastorais, além de compartilhar com vocês noticias relativas a conferência de famílias.

***
Postado por Renato Vargens, no Púlpito Cristão

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

1 COMENTÁRIO

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui