Não vou orar pelo missionário

12
550
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
Na ocasião que Tony Campolo, pregador e escritor cristão, participou de uma conferência anual organizada pela Associação das Mulheres Cristãs, durante a conferência, a presidente da Associação leu em alta voz a carta de um missionário que estava precisando urgentemente de quatro mil dólares. Depois de ler essa emocionante carta, a presidente disse: “Então, gostaria de pedir ao pregador de hoje, irmão Campolo, que orasse pedindo a Deus que supra a necessidade desse missionário. Irmão Campolo, poderá fazer uma oração?”.
Então, ele respondeu: “Não”, surpreendendo a presidente da Associação. E prosseguiu dizendo: “Eu não vou orar para que Deus preencha a necessidade do missionário. Mas vou colocar em cima da mesa todo o dinheiro que tenho no meu bolso e peço para que todos façam o mesmo. Se todo o dinheiro arrecadado não completar os quatro mil dólares, então eu irei orar”.

Em seguida, Tony Campolo esvaziou sua carteira. Com isso, as trezentas pessoas presentes também esvaziaram suas bolsas e carteiras. Resultado disso, o dinheiro arrecadado ultrapassou a quantia de quatro mil dólares. Vendo isso, Campolo disse: “Neste momento não precisamos pedir para que Deus supra nossas necessidades, pois o que precisamos já está aqui. Devemos orar para que possamos entregar essas coisas”.

Assine o Blesss

***
Fonte: Buscai o Reino

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

12 COMENTÁRIOS

  1. Isso sim! Servir ao Senhor Jesus, tem que ter atitude!
    Orar é bom sim, mas se você pode ajudar no ato, por que não ajudar? A oração vai servir de agradecimento e não de pedido.

    Toda honra e toda glória ao Senhor Jesus!

    Ray Henrique

  2. Espero que o MF e SM não leiam esse post pois poderão aplicar uma clonagem para se locupletarem, pois o esquema atual sempre parece funcionar da maneira que parece urgente e super necessario levantar alguns milhares de reais para pagar seus compromissos assumidos com programas de TV.

  3. Orar e despedir a pessoa que tem fome sem dar um pão para ela comer.

    Orar e despedir a pessoa de mãos vazias, sem levar nada para casa, para alimentar seus amados.

    Já disse e repito, o evangelho pregado já deixou de ser pão e circo, porque pão está muito caro, tanto o material, mais ainda o espiritual.

    O evangelho pregado agora é só circo mesmo, que quiser pão que coma broa.

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui