Pastor é o Ungido do Senhor?

18
97
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Por Jesser Medeiros

Quando o assunto é pastor há uma unanimidade quase insana da parte da massa evangélica ignara, de que o pastor é “o ungido do Senhor” e que sob nenhuma circunstância deve-se questionar a sua autoridade. Mas o que é unção?

No Velho Testamento a unção era um ato específico dado por Deus a uma pessoa escolhida para a execução de uma determinada missão, e podia ser retirada a qualquer momento, assim como foi com Saul, quando o Espírito de Deus afastou-se dele, e sobre ele veio um espírito maligno. 1 Sm. 16:14 “Tendo-se retirado de Saul o Espírito do SENHOR, da parte deste um espírito maligno o atormentava.” Em Is. 45:1 está escrito: “Assim diz o SENHOR ao seu Ungido, a Ciro, a quem tomo pela mão direita, para abater as nações ante a sua face, e para descingir os lombos dos reis, e para abrir diante dele as portas, que não se fecharão”.A unção era dada a quem era e a quem não era servo de Deus, conforme vimos no texto de Isaias. Deus ungia quem bem queria para que sua vontade fosse realizada e a história da salvação seguisse seu curso normal. Ciro era um rei pagão e nunca adorou ao Senhor. Entretanto foi ungido por Deus para libertar o povo de Israel para voltarem para sua terra.

Ungir, segundo o Dicionário da Bíblia de Almeida, é: “Pôr azeite na cabeça de uma pessoa. Profetas foram ungidos{#1Rs 19.16},”Também a Jeú, filho de Ninsi, ungirás rei de Israel; e também a Eliseu, filho de Safate de Abel-Meolá, ungirás profeta em teu lugar.” Sacerdotes também o foram {#Êx 30.30}”Também ungirás a Arão e seus filhos, e os santificarás para me administrarem o sacerdócio.” E reis também tiveram o óleo derramado sobre suas cabeças para serem ungidos {#1Sm 16.1-13}”ENTÃO disse o SENHOR a Samuel: Até quando terás dó de Saul, havendo-o eu rejeitado, para que não reine sobre Israel? Enche um chifre de azeite, e vem, enviar-te-ei a Jessé o belemita; porque dentre os seus filhos me tenho provido de um rei.(1)… (13)Então Samuel tomou o chifre do azeite, e ungiu-o no meio de seus irmãos; e desde aquele dia em diante o Espírito do SENHOR se apoderou de Davi; então Samuel se levantou, e voltou a Ramá.”

Assine o Blesss

Eram ungidos, portanto, quem Deus bem queria e entendia.

Tanto “o Cristo” (grego) como “o Messias” (hebraico) querem dizer “o Ungido”, um dos títulos de Jesus, a quem Deus escolheu para ser o Salvador da humanidade {#Jo 1.41;}” Este achou primeiro a seu irmão Simão, e disse-lhe: Achamos o Messias (que, traduzido, é o Cristo). {At 4.26-27}.”Levantaram-se os reis da terra, E os príncipes se ajuntaram à uma, Contra o Senhor e contra o seu Ungido. Porque verdadeiramente contra o teu santo Filho Jesus, que tu ungiste, se ajuntaram, não só Herodes, mas Pôncio Pilatos, com os gentios e os povos de Israel;” O Ungido do Senhor não é outro, senão Jesus Cristo o filho de Deus.

O Dicionário da Bíblia de Jonh Davis reafirma que as palavras Messias e Cristo significam “o ungido”.No texto de Lucas 4:18 assim está escrito: “O Espírito do Senhor está sobre mim, pelo que me ungiu para evangelizar os pobres; enviou-me para proclamar libertação aos cativos e restauração da vista aos cegos, para pôr em liberdade os oprimidos.”

O texto em epígrafe não se aplica ao pastor e sim exclusivamente a Jesus Cristo conforme citação do Novo Dicionário de teologia do Novo Testamento, vol. IV, pg. 677 onde se lê: “Em passagens como Is 61:1″ O ESPÍRITO do Senhor DEUS está sobre mim; porque o SENHOR me ungiu, para pregar boas novas aos mansos; enviou-me a restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos cativos, e a abertura de prisão aos presos; ” e Ez 16:9, “Então te lavei com água, e te enxuguei do teu sangue, e te ungi com óleo,” a unção deve ser entendida metaforicamente, sendo que, em Israel, a unção ritual era apenas disponível para reis e sacerdotes. Is 61:1 deve ser entendido como autoridade. No NovoTestamento (Lc 4:18) este texto é aplicado a Jesus: Ele foi o ungido por Deus para ser o profeta prometido.”

Atos 4:26 “Levantaram-se os reis da terra, e as autoridades ajuntaram-se à uma contra o Senhor e contra o seu Ungido;”Comentando este versículo, I. Howard Marshall em seu comentário ao livro de Atos p104, afirma que,”O emprego do termo ungido (i.é Messias) tornou inescapável à aplicação a Jesus”.

Então, como fica o pastor nesta história?

A unção de Deus é universal, ou seja, recai sobre todos. Em I João 2:20 lemos:” E vós possuís unção que vem do Santo e todos tendes conhecimento.” No versículo 27 assim escreve o apóstolo:” Quanto a vós outros, a unção que dele recebestes permanece em vós, e não tendes necessidade de que alguém vos ensine; mas, como a sua unção vos ensina a respeito de todas as coisas, e é verdadeira, e não é falsa, permanecei nele, como também ela vos ensinou.” O texto é mais do que explícito. Todos somos ungidos e todos nós somos sacerdotes do Senhor conforme está escrito na 1 de Pedro 2:5 “também vós mesmos, como pedras que vivem, sois edificados casa espiritual para serdes sacerdócio santo, a fim de oferecerdes sacrifícios espirituais agradáveis a Deus por intermédio de Jesus Cristo.” No verso :9: “Vós, porém, sois raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus, a fim de proclamardes as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz;”

Portanto, Pastor, Bispo, Presbítero e etc, não é unção com a conotação dada pelos reverendíssimos e, sim, dom do Espírito Santo de Deus. É comissionamento, é chamado. Diante do exposto, não vejo onde está esta unção especial defendida e requerida pela maioria dos pastores, principalmente os da linha pentecostal e neopentecostal.

Na carta escrita aos Efésios 4:11 o apóstolo Paulo diz que “ele mesmo concedeu uns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas e outros para pastores e mestres, com vistas ao aperfeiçoamento dos santos para o desempenho do seu serviço, para a edificação do corpo de Cristo, Até que todos cheguemos à unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, à perfeita varonilidade, à medida da estatura da plenitude de Cristo, para que não mais sejamos como meninos, agitados de um lado para outro e levados ao redor por todo vento de doutrina, pela artimanha dos homens, pela astúcia com que induzem ao erro.”Notaram no início do versículo o “ele mesmo concedeu”? Em Mateus 22:29, Jesus diz: “Errais, não conhecendo as Escrituras nem o poder de Deus.” e ainda em Marcos 12:24 “Respondeu-lhes Jesus: Não provém o vosso erro de não conhecerdes as Escrituras, nem o poder de Deus?”

Defender portanto esta doutrina esdrúxula de que o pastor é o ungido do Senhor, e que é um ser inatacável, e intocável é induzir o irmão ao erro. Não defendo aqui a desobediência ou rebeldia contra o pastor. Não é esse o objetivo deste artigo, mas sim o de demonstrar que nós os cristãos devemos seguir o exemplo dos crentes de Beréia que conferiam se tudo que lhes estava sendo ensinado, se coadunava com os ensinos bíblicos.

A palavra de Deus nos ensina que qualquer um que comete erro é digno de repreensão. Paulo em sua carta aos Gálatas no capítulo 2:11-14 repreendeu a Pedro publicamente por estar se portando de maneira errada.”E, chegando Pedro à Antioquia, lhe resisti na cara, porque era repreensível. Porque, antes que alguns tivessem chegado da parte de Tiago, comia com os gentios; mas, depois que chegaram, se foi retirando, e se apartou deles, temendo os que eram da circuncisão. E os outros judeus também dissimulavam com ele, de maneira que até Barnabé se deixou levar pela sua dissimulação. Mas, quando vi que não andavam bem e direitamente conforme a verdade do evangelho, disse a Pedro na presença de todos: Se tu, sendo judeu, vives como os gentios, e não como judeu, por que obrigas os gentios a viverem como judeus?” O ensino bíblico coloca a todos em pé de igualdade. Ninguém é superior a ninguém. Jesus ensinou que aquele que quisesse ser o maior, fosse o menor.Não permitamos que teologias canhestras venham minar o nosso relacionamento com Deus, a igreja e nossos irmãos.

Todo pastor que anda consoante os ensinos neotestamentário é digno de honra bem como qualquer membro comum da igreja. Todos são dignos de honra. O membro não pode nem deve se colocar contra o pastor por discordar de algum pensamento seu, pois o pensar é livre e direito de todos. De igual modo o pastor não pode e nem deve perseguir o membro de sua congregação, chegando às vezes a expulsa-lo por discordar de um pensamento seu. Somos livres para tomar nossas decisões e libertos por Jesus para sermos realmente livres com o conhecimento da verdade.”E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará.”(Jo 8:32)

Há que se ter bom senso, tolerância e acima de tudo amor uns com os outros.

Em sua primeira carta aos Coríntios o apóstolo Paulo afirma:”AINDA que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine.” O amor é a solução para toda sorte de problemas que enfrentamos nas nossas igrejas. O apóstolo Paulo em sua I carta aos Coríntios 13:13 diz:” Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor.” Recomendo a leitura de todo o capítulo 13 desta carta com o firme desejo de que essa leitura surta efeito na vida de , todos nós.Certamente que este assunto não se esgota nestas poucas linhas, mas com certeza servirá para trazer um pouco de luz sobre o assunto. Assim espero!

E Deus me ajude que eu não seja excomungado pelo que escrevi!

***
Fonte: Poimenia

(*) Imagem: Site do pastor Zico (caçador de unção!)

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

18 COMENTÁRIOS

  1. Gostei deste estudo sobre o que é unção,esclareceu as minhas dúvidas,hoje tem unção pra tudo quando e tipo.sem saber de fato o significado da palavra unção ou ungido.espero que todos venham entender o real significado.a paz

  2. Ja era, esta praticamente excomungado. Fez pior do que tocar no "ungido", tocou na "doutrina particular" preferida dos "ungidos" quebrando todo o seu encanto, mandinga, engano e outras tantas coisas. O que vai ter de "ungido" te olhando com o nariz torcido e rangendo os dentes. Se cuida irmão. So pedindo ao Rodo para cobri-lo com o seu manto sagrado e ungido.

  3. Isaías 10:27 E acontecerá, naquele dia, que a sua carga será tirada do teu ombro, e o seu jugo do teu pescoço; e o jugo será despedaçado por causa da unção.

    Não entendo ainda como é que este povo cara de pau, cheio de jugo, ainda se considera o ungido.

    O pior é que ainda sai distribuindo jugo para todo mundo , se considerando o ungido.

    JESUS falou dos escribas e fariseus hipócritas:

    Mateus 23:4 Pois atam fardos pesados e difíceis de suportar, e os põem aos ombros dos homens; eles, porém, nem com o dedo querem movê-los;

    Fujam deste ungidos das trevas.

  4. Sou muito criticada por concordar em gênero, número e grau com esse artigo e há tempos agir dessa maneira: confrontando com a Bíblia as coisas que leio e ouço de cima dos púlpítos, da parte daqueles que se dizem "ungidos" pelo Senhor.

    E tenho certeza, que é por causa desse despertamento que nosso Senhor deu ao meu coração para eu não me curvar às verdades infalíveis dos mestres da lei dos últimos dias, é que tenho sobrevivido espiritualmente diante de tudo o que estamos vendo acontecer na Igreja.

    Que o Senhor nos ajude e abra bem os nossos olhos para que possamos entender Sua Verdade e fiquemos firmes nela, somente nela – e não nos discursos dos homens, por mais belos que sejam, ou por mais "ungidos" que se declarem.

    Paz do Senhor.

  5. Com tanta informação disponível atualmente, é até natural que fiquemos confusos quanto aos nossos julgamentos. Muitas vezes me pego extremamente pecadora por discordar de alguns "atuais ungidos do Senhor".Que bom poder contar com esclarecimentos como os escritos acima. E melhor ainda é ter certeza de que o AMOR que JESUS tanto enfatizou através de seu sacrifício por nós é que prevalece.

  6. A gospelização da ideia de "clero", como se no Corpo de Cristo, fora a Cabeça (Jesus Cristo) e os membros (seus discípulos), houvesse algo como uma classe VIP.

    O pior é que esta bobagem vem da "casta" de cima e é recebida como uma luz divina pela "casta" de baixo.

    É… um corpo sem Cabeça dá nisso mesmo!

  7. ola esta é a primeira vez que venho comentar uma materia sua.
    sabe eu ando tao injuriado com o que ando vendo dentro das igrejas que acho que o errado sou eu. eu devo estar olhando demais para o que o homem faz e to pecando. mas o infeliz do homem faz e nao tenta nem esconder. se eu falar que nao vejo eu serei mentiroso e hipocrita, e isto eu nao quero ser.
    mas voltando a vaca fria, digo ao ungido, eu ouço tanto a frase de que nao posso tocar no ungido de DEUS que acho que sou o maior pecador da terra, pois eu falo mesmo…tanto é que to seis meses sem ter oportunidade, mas eu deixo para o UNGIDO que E Cristo JULGA-LOS.
    ASS ODAIR CRUZ DE OLIVEIRA

  8. Avelar Jr., que história é essa de "casta" de cima e "casta" debaixo, acaso estás assistindo à novela "Caminho da Trevas" veículada pela Rede Globo?

    Olha que o Macedão vai te colocar em disciplina, não vai levar os seus pedidos para Israel e ainda vai fazer você andar no "Caminho do Sal" para você largar o "Caminho das Trevas".

    E olha que você precisa ficar no seu lugar, nada de "casta" de cima nem "casta" de baixo, preserve a sua castidade ou as rúpias vão te corromper, começando pelos seus olhos assistindo à Rede Globo.

    Brincadeirinha, Avelar.

  9. Caro Leonardo

    Tenho vergonha de dizer que sou assembleiano!

    Quando será que os blogueiros ligados à Assembleia de Deus, filiadas à Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil irão protestar contra a atitude ímpia do Pr. José Wellington Bezerra da Costa, que passou 176 cheques sem fundos, e teve a ousadia de pregar neste último sábado em Filipenses 3.17, “sejam meus imitadores”.

    Cadê os blogueiros de coragem? Cheios de coragem para falar contra o uso de gel no cabelo de Marcos Feliciano, da sujeira do neopentecalismo mas não varrem a sujeira pentecostal para fora de sua casa?

    Uma das pessoas que receberam estes cheques, assinados por Wellington, é o construtor do pomposo prédio da CGADB no Rio de Janeiro. O irmão, empresário, faliu e contraiu um AVC por conta de tão grande prejuízo.

    O que dizer dessa situação? O Pastor José Wellington Bezerra da Costa não agiu como lobo enganador? O sr. Wellington não agiu com bom caratismo.

    Quem passa cheques sem fundo adora ao deus mamom! Não é? Esta é uma falácia da Teologia da Posperidade também! É uma falcatrua comprovada! Falsa prosperidade!

    Eu olho em volta nesta blogosfera cristã, cheia de blogueiros prontos para escreverem contra Marco feliciano, Benny Hinn, Edir Macedo, Morris Cerullo, e me pergunto: onde estão os homens de Deus neste momento de Beréia de Abismo da CGADB?

    Como será para nós? Nos calamos quanto a isso, fazendo uso de balança enganosa, com dois pesos e duas medidas?

    Abraço.

    Eliseu Antonio Gomes
    http://belverede.blogspot.com/

  10. Eliseu Antonio Gomes

    Apesar de discordarmos em muitos pontos, você é testemunha da minha imparcialidade. Se o irmao tiver as provas necessárias, pode contar comigo para denunciar este abuso. Mas, se toda a evidencia que temos é a sua palavra, entao teremos que deixar as coisas como estao.

    Mas observe bem: nao estou negando o caso dos cheques sem fundos; apenas estou perguntando pelas provas, casos documentados em uma defesa bem articulada.

    Fraternalmente,

    Leonardo Goncalves.

    PS: Sobre o gel do Feliciano, isso é problema dele. Por mim ele pode usar todo gel do mundo, desde que pregue a Verdade.

  11. Bem, a coisa está realmente feia. Há poucos dias li um livro intitulado Tiranos, no qual o autor descreve um pouco da vida dos ditadores que ensanguentaram o séc. XX. Depois disso parei para pensar que o nosso país é uma democracia que no fundo está dividido em pequenas tiranias. Tiranias nas empresas, nos lares, no próprio governo e, finalmente, em muitas denominações evangélicas tambem.Bem, mas cada um tem sua justificativa e isso não é novo. Voltemos um pouco na história, pensemos na igreja de roma, qual sua justificativa para impedir as opiniões dos homens de alma livre contra os abusos da igreja? …a igreja é infalível,infalibilidade papal etc,etc… resultado, a igreja ensanguentou a idade média… Muitos líderes evangélicos estão deixando de imitarem a Cristo (que nunca se julgou superior a ninguem, apesar de ser e, ainda nos ensinou que quem quiser ser o primeiro, que seja o último e servo de todos), para imitar Roma e a tirania do sec XX… Parece que o expectro da ditadura ainda ronda o nosso país e, o meu temor é que sua maior fonte de alimentação seja essa liderança evangélica que insiste em exigir uma obediencia cega das pessoas a quem deveriam abrir bem os olhos com a Palavra de Deus. Na verdade, como bem foi postado nesse comentário, essa idéia de que somente os lideres são ungidos, não passa de uma especie de blindagem dos interesses daqueles que como o papa de roma se esqueceram de que somente a palavra de Deus é infalivel e nós, somente apenas homens…porque então não dizer que todos os crentes, indepenente de suas funções tem a mesma unção? pelo menos é isso que a biblia diz.

    Gilvan Monteiro
    Eunápolis-Ba

  12. cada um dará contas de si a Deus.
    Portanto, se cada um cuidar de si mesmo, não teremos tempo para jogar pedras em ninguem.Jesus disse: "aquele que não tiver pedado atire a primeira pedra". Então vamos lá meu irmão!

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui