Fé sob Medida – Documentário

12
589
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

“Pode vir dona Maria. Traga a bacia e leva a mercadoria”. Me lembro muito bem desta – e outras – frases que eram propagadas pelos megafones afixados gambiarristicamente no alto das velhas kombis que passavam pelo bairro onde morava, vendendo tudo que era tipo de mercadoria. Tinha de roupas e enxovais a panelas e peças para fogão. […] Na igreja não tem sido nada diferente… [1]

Assine o Blesss

O SBT Brasil exibiu na última semana a série “Fé Sob Medida”, com reportagens sobre igrejas criadas para atingir públicos com necessidades específicas. [2]

Você já ouviu alguém dizer que no Brasil nada é mais fácil, rápido e lucrativo que abrir uma igreja. Novas religiões e as novas igrejas multiplicam-se no maior país católico do mundo. Apenas em São Paulo surge uma nova igreja a cada dois dias:

Há igrejas para todas as tribos no Brasil. Atletas, surfistas, homossexuais, tatuados, lutadores, roqueiros, gente que se diferencia pelo visual, fãs de hip hop ou de heavy metal. Confira o vídeo:

A maioria das novas igrejas evangélicas está na periferia das grandes cidades brasileiras. Isso não acontece por acaso. A violência tem um papel importante na criação das inúmeras igrejas e religiões:

73% dos brasileiros ainda são católicos, um número alto, mas bem menor do que era 50 anos atrás, quando então os católicos representavam 90% da população. Os padres reagem a essa constante, e cada vez maior, perda de fiéis.

Na igreja católica, ou nas novas igrejas evangélicas, o Brasil da fé é um retrato do Brasil das ruas: Nem a religião escapou de uma tendência de marcado, em que o que vale é deixar os clientes satisfeitos.

***
1. Comentário de Danilo Miguel, no blog Sem Forma.
2. Os créditos da adequação e publicação são de Rodrigo Melo.

[Via: Púlpito Cristão]

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

12 COMENTÁRIOS

  1. A Paz irmão Leonardo!
    Que o senhor seja contigo.
    Gostei muito de ter postado essas reportagens aqui,pois eu não pude assistir a todas,mais o que vi gostei, obrigado.
    Seu blog como sempre de parabéns ,que o Senhor o abençoe sempre.
    Agora porque mudou o modelo ,tá bonito claro,mais gostava mais do preto(anterior),rs.
    Mais o que importa é o conteúdo e isso tá como sempre ,aliás cada vez melhor.
    Deus o abençoe muiiiiitoo.
    Fique com Jesus

  2. Oi Leonardo, tudo bom!
    Valeu por ter achado e colocado essa reportagem especial “Fé sob Medida” aqui no Púlpito. eu gravei e coloquei no You Tube só a 2 parte, não tinha conseguido nemver nem gravar as outras. valeu , Obrigado
    Alias seu blog é um dos meus preferidos da minha lista de Rss, kkk!
    abraços

  3. Já começo a postar assim:

    Estou indignada com esses vídeos que eu acabei de assisti, pois não tive a oportunidade de assistir no SBT mas vi aqui.
    No momento de assistir pensei: Meu Deus, quantas pessoas e até mesmo eu estou perdendo o tempo em olhar para os defeitos do meu irmão do lado? estou perdendo meu tempo de criticar o pastor, fulano, ciclano, beltrano?
    A partir de hoje temos que orar para que venhamos a tirar as escamas dos nossos olhos pois o evangelho está sendo pregado de maneira erroneamente.
    Acho que vou salvar essas reportagens em um CD e vou levar para os irmãos de minha congregação assistir e principalmente eu quando pensar em abrir a boca pra criticar coisas miúdas.

  4. Parabenizo o SBT pela série de reportagens! A Igreja não é um clube! Evangelho implica em mudança. Jesus disse: “Vinde a mim todos vós que estais cansados e oprimidos e eu vos aliviarei…” O fato da pessoa vir ao evangelho como está não significa que fique como está – é necessário mudança. Jesus nos convida para que nos tornemos seus servos; o que se vê hoje são pessoas se servindo do evangelho, pregando um evangelho cheio de fermento filosófico e vivendo um evangelho distorcido; Jesus asseverou sobre falsos mestres, profetas, pastores, obreiros fraudulentos, etc… A Bíblia diz o seguinte em Gálatas 5:19-25: “Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia, Idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus. Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. Contra estas coisas não há lei. E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências. Se vivemos em Espírito, andemos também em Espírito.” Nada, nenhum discurso, nenhum argumento se equipara ou se sobrepõe à soberania da Bíblia e ela também não pode ser interpretada segundo as nossas conveniências – “2 Pedro 1:20 Sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação.”. Se você quer ser impactado pelo Evangelho, renuncie-se a si mesmo e siga a Cristo; permita que seja o Senhor de sua vida; entregue-se inteiramente a ELE. Do contrário, no máximo você será um mero religioso politicamente correto.
    César de Alencar Affonso

  5. Concordo com vc César. Mas o difícil é estbelecer o padrão correto. Vc sabe esse padrão. O que necessariamente deve ser mudado em vc e em mim?

    Sou pastor da Assembléia de Deus, uma das igrejas mais conservadoras no Brasil. Mas parei de tentar impor padrões morais nas pessoas, pois ia de encontro à minha própria consciência cristã.
    Optei por tão somente pregar o Evangelho da Graça, falar o que convém à sã doutrina cristã, orar pelos meus ouvintes para que o Espírito Santo traduza melhor a mensagem que prego e o sentimento cristã de transformação que entendo ser necessária nas vidas que pastoreio. Assim, se estiver equivocado no que penso ser necessário Deus mudar nas pessoas, Ele tão somente fará o que for da Sua vontade.
    Deus te abençoe.
    Magalhães – Brasília-DF

  6. Meu querido Pr. Nagalhães, pregar “o que convém à sã doutrina” e o Evangelho da Graça, é justamente anunciar ao pecador que ele está perdido sem Cristo, e condenado por suas obras contrárias à soberana vontade de Deus! Mostrar-lhe que, apesar disso, pode ser perdoado, justificado, salvo e transformado! Como nascido de novo (pois sem cumprir esse requisito é impossível entrar no reino de Deus), esse pecador, agora salvo e redimido, ainda será tentado e ainda poderá até cometer pecado, porém o pecado não mais será uma prática normal em sua vida. Ele aprenderá que “se alguém pecar, temos advogado junto ao Pai, Jesus Cristo o justo” – I João 2:1 e 2. Também aprenderá que isso não é uma carta branca para poder pecar à vontade e depois pedir perdão, mas, sim, uma nova oportunidade para um recomeço, depois do genuíno arrependimento e quebrantamento do coração. A Bíblia nos manda erguer nossas vozes como a trombeta e anunciar à casa de Israel as suas transgressões e à casa de Jacó os seus pecados. Não para condená-los, é claro, mas para levá-los ao arrependimento e à reconciliação com Deus. Eu e você, meu querido irmão, temos um incomparável privilégio duplo: por um lado, temos a mais elevada honra de pastorear o rebanho do Senhor; e, do outro, de sermos ministros da reconciliação (II Coríntios 5:18-20: Romanos 12:1 e 2)!!! Glória a Deus!!! Não existe nada, nem neste pequeno planeta e nem no universo, que se compare a essa missão! Não se trata de IMPOR padrões morais (especialmente se eles forem apenas costumes humanos), mas de ENSINAR os elevados padrões morais definidos na santa Palavra de Deus. E insistir no fato de que, se alguém passou mesmo por uma verdadeira conversão, necessáriamente terá também uma mudança de vida, pois agora é “sal da terra e luz do mundo” – Mateus 5:13-16! Claro que essa transformação será gradual e deve ser acompanhada por um ministério de discipulado e oração. Não podemos deixar a porta do aprisco aberta e nem podemos deixar as ovelhas pastarem sozinhas no campo. Não poderemos estar sempre ao lado de cada novo convertido ou membro de Igreja, mas devemos alimentá-los e orientá-los de tal maneira, que possam perceber Jesus Cristo ao seu lado, e o Espírito Santo em seu interior, orientando, dirigindo, apontando qualquer irregularidade e guiando-os ao altar do perdão e da comunhão com Deus. NUNCA PENSE SEQUER EM PARAR DE ENSINAR ESSES PADRÕES BÍBLICOS DE CONDUTA, pois isso jamais irá “de encontro à sua consciência cristã”! Pelo contrário, a sua CONSCIÊNCIA VERDADEIRAMENTE CRISTÃ o levará a ensinar-lhes “toda a verdade”, e fazê-los lembrarem-se “de tudo” o que Jesus tem dito. Seja sempre vitorioso, guerreiro de Deus, e revista-se diariamente da sua armadura (Efésios 6:10 a 18)! Vença mais esse combate e essas perseguições internas EM NOME DO SENHOR!!!

  7. Peço desculpas ao Pr. Célio (presumo que é pastor, pela expressão “almas que PASTOREIO”)por chamá-lo “Pr. Magalhães”. Eu me confundí com o nome constante no final do comentário. Portanto, o que eu, Pr. Sérgio escreví em meu comentário, foi para o Pr. Célio, ok?

  8. Não há muito que comentar a respeito desta série de reportagem… Não acredito que minha opinião mudaria fatos que denota e confirma o que a palavra do nosso Deus diz a respeito do fim dos tempos.
    Entretanto, desejo apenas dizer que igreja não é um clube, pelo menos não a igreja invisível de Cristo.
    Deixo apenas textos bíblicos que dizem tudo:

    "Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências”; (II Timóteo 4 : 3)

    "Para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina, pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente." (Efésios 4 : 14)

    "Para os devassos, para os sodomitas, para os roubadores de homens, para os mentirosos, para os perjuros, e para o que for contrário à sã doutrina," (I Timóteo 1 : 10)

    "MAS o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios;" (I Timóteo 4 : 1)

    "Tem cuidado de ti mesmo e da doutrina. Persevera nestas coisas; porque, fazendo isto, te salvarás, tanto a ti mesmo como aos que te ouvem." (I Timóteo 4 : 16)

    "Todo aquele que prevarica, e não persevera na doutrina de Cristo, não tem a Deus. Quem persevera na doutrina de Cristo, esse tem tanto ao Pai como ao Filho." (II João 1 : 9)

    "MAS o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios;" (I Timóteo 4 : 1)

    Poderia colocar outros tantos versículos, mas me sinto profundamente deprimido ao ver o que fizeram com a igreja de Cristo e a sã doutrina do nosso Senhor.

    Precisamos de uma nova reforma protestante URGENTE!

    Maranata!

  9. Nós não precisamos de uma nova reforma na igreja! A reforma já aconteceu por permissão de Deus, e o que está acontecendo agora é um desvio dos rumos propostos pela reforma. Ainda bem que há pessoas com bom senso crítico, para diferenciarem igrejas dessas coisas mostradas pelo SBT.

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui