Identificando os falsos apóstolos…

5
557
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
.

Essa semana encontrei uns “rabiscos” interessantes na internet e quero compartilhar com vocês. O texto à seguir é do pastor Ricardo Ribeiro, e fala sobre os falsos apóstolos que estão por aí… Leitura altamente recomendada: eu “agarântiu”! rs…

Assine o Blesss

O falso apóstolo é mentiroso: ele gosta de contar vantagens e experiências pessoais que na maioria das vezes não aconteceram. Ele exagera, inventa. Ele é um mentiroso desde o princípio, mas agora consegue atingir um público maior para suas mentiras, por causa do seu título apostólico. É impressionante como os cristãos acreditam em fábulas.

O falso apóstolo é numerólatra: ele não consegue ser fiel aos números reais. Se ele tem uma igreja com 50 membros, diz que tem 5 mil. Se ele tem um carro, diz que tem cinco. Se ele tem dois ou três pastores que o seguem, ele diz que tem trezentos. A numerolatria é pecado, e geralmente quem usa este método é porque não tem a dignidade de assumir a realidade de Deus para sua vida.

O falso apóstolo é prepotente e orgulhoso: geralmente ele se acha melhor e mais esperto do que os outros. Nunca quer aprender, e pensa que somente o próprio Deus poderia ensiná-lo algo. Ele jamais erra, e sempre encontra justificativa para seus erros. Fala com arrogância, tem olhar altivo. Ele intimida com o olhar, e não tem coragem de pedir perdão. Geralmente usa as roupas mais caras, só para impressionar.

O falso apóstolo é estrela: ele é aplaudido, idolatrado, celebrado. Ele fica em posição de destaque. Sempre terá defensores fiéis, porém pessoas sérias logo percebem a farsa que ele é.

O falso apóstolo é um criminoso falsificador: ele inventa documentações, cria diplomas e certificados falsos, forja papéis para respaldar seu ministério.

O falso apóstolo é como fogo de palha: ele é bom de papo e conhece alguns versículos da Palavra, porém suas ministrações são quentes e sem profundidade. Quem assiste uma preleção do falso apóstolo pode até se entusiasmar, porém quando o tempo passa, sentem-se vazios e famintos de um sólido alimento espiritual.

O falso apóstolo é manipulador: As pessoas que estão debaixo dele o temem, e fazem o que ele manda sem pensar nas consequências. Ele sabe manipulá-las, e elas ficam acorrentadas. Geralmente você encontrará sempre várias pessoas que tem o testemunho de “ex-manipulados” por ele. Basta procurar, e estas pessoas poderão contar suas experiências negativas e assustadoras. Geralmente ele coloca culpa no diabo, e considera estas pessoas endemoniadas e maledicentes (mas na verdade são apenas vítimas do engano que ele mesmo as impôs).

O falso apóstolo só visa lucros financeiros: Se a igreja não puder pagar uma fortuna para ele pregar, esqueça, não poderá contar com ele. Ele exige hotel, alimentos especiais. Não abre mão por nada. Se a igreja quiser uma anistia, uma ajuda por não ter condições, ele não abre mão. Além disso ele é especialista em “colher ofertas”, e quando chega na igreja, motiva o povo a dar tudo o que tem, mas quando vai embora levando bolsas de dinheiro, o povo sente um forte remorso de ter dado crédito às suas palavras.

O falso apóstolo parece “bom demais pra ser verdade”: ele parece tão perfeito, tão santo, que pensamos que não somos nada, e queremos ser como ele. Mas na verdade é só fachada, e só quem “comer um quilo de sal com ele” saberá quem ele é de verdade.

Bom, eu poderia ficar aqui enumerando centenas de característica de um falso apóstolo, porém quero dar uma dica aos meus amigos pastores e irmãos, para que um destes farsantes não entre pelas portas de sua igreja. Antes de convidar um pastor, bispo, apóstolo para pregar, garanta que:

a) Sua formação teológica é verdadeira, e respaldada dentro dos tramites legais.
b) Igrejas foram abençoadas profundamente através dele (entre em contato com igrejas)
c) Ele é humilde, e está disposto a ajudar de alguma forma, na medida do possível.
d) Ele visa o Reino de Deus.
e) Ele tem uma esposa e família abençoada.
f) Ele tem um ministério do tamanho de suas palavras (sem exageros)
g) Ele não deixou rastros obscuros em sua caminhada.

***
Fonte: Cristão Crítico

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

5 COMENTÁRIOS

  1. luzier diz: Muito bom este texto,identificanto aqueles,que diz que são,que na verdade não são nada,jesus nos alertou acerca desses falsos Apostolos,temos que ter cuidado!tem muitos vigaristas no nosso meio infelizmente,leonardo quero contar um caso que aconteceu na minha Igreja há algum tempo atras,a Pareceu um desses ai,apresentou-se como missionario,o nosso pastor até pediu a carterinha de credenciamento deste individo,não sei como foi que ele consiguiu mais ele pregou na igreja.pra em curtar a História,houve de tudo na pregaçaõ dele,revelação,profecias e tudo menos a presença de Deus,pior e que eles tem um “dom”de lubridiar,enganar o povo com suas palavras, eu estava no culto e lher garanto quase eu caia na conversar dele,ele falou por alguns 35 minutos,e o resto foi só balela,para terminar,não houve,conversão ninguem se arrependeu dos seus pecados,não houve aquele mover de Deus,houve agitação da parte dele,no final ele pediu pro povo,compra seu oléo “santo”e o pastor já estava pé da vida com ele,mais essa foi a ultima e a derradeira vez.Este texto serve de alerta porque tem muitos pastores ainda trouxas,que ainda recebem esses lobos em pele de cordeiro.Obrigado!Que Deus Abençoe!

  2. Leonardo

    Exelente texto.

    Como eu desejo do mais profundo do meu coracao que isso fosse apenas um julgamento sem fundamento,que o autor do texto estivesse equivocado,e isso fosse apenas uma calunia de alguem que sente inveja dos nossos pregadores,mas para minha tristeza,enquanto lia o texto,me veio a mente a imagem dos “grandes” pregadores que conheco.

  3. Na igreja que eu congregava foi aberto espaço para esse tipo de pregador quando, no lugar do antigo e racional “culto de oração”, foi inventado um tal de “culto da vitória”.
    Começou com um Coelho pulando no palco e ensinando psicologismos (entenda quem puder) e foi vindo gente com “qualidades” cada vez mais questionáveis.
    Atualmente nem preciso ir lá para saber qual a “atração” da semana, pois eles colocam carro de som na rua todas as quartas (fundo musical: “hoje o meu milagre vai chegar…”) e anunciam o palhaço da vez. É deprimente ver uma igreja que deveria ser “batista tradicional” apelando para esse tipo de manobra absurda.

    … o mais engraçado é que na sexta feira o mesmo carro de som é alugado por uma outra igreja e passa anunciando “Guerra Contra o Inferno”!!! Fico só esperando o Rambo atirando pelas ruas…

    Ah, coloquei um podcast no ar! Já ouviu?

    Um abraço e que Deus continue o abençoando!

  4. Olá Luzier!

    Que satisfação vê-lo por aqui novamente! Já faz bastante tempo desde a sua última participação, lembra?

    Muito triste essa história que você contou sobre esse regador aí: mas também… Como esperar cnversão em um culto onde a ênfase não está no arrependimento? Quanto a esses pastores, eles movem suas igrejas com sonrisal (vide postagem sobre o tema).

    Que Deus tenha misericórdia dos crentes e levante mais homens de Deus no meio da igreja, com real compromisso e zelo pela palavra de Deus.

    Abraço fraterno,

    Leonardo G. Silva

    Marcos (Evangelho sem Mistura)

    Fala aí, mineiro-americano! rs…

    Assim como você, eu queria muito que o pastor Ricardo estivesse enganado, que tudo isso que ele falou fosse uma invencionisse e uma grande calúnia, mas infelizmente, não posso deixar de concordar com ele.

    Contudo, ainda temos muitos homens de Deus comprometidos com a verdade, e eu quero estar entre esses servos de Deus, e sei que você também.

    Abração procê e para a comunidade brasileira em Newark, USA.

    Leonardo G. Silva

    Alô Teóphilo

    Eu vi o podcast, e ouvi também. Muito legal mesmo, e particularmente gostaria muito que eles continuassem la no seu blog também. Apesar do sotaque carioquêx, que não é tão bunito como o meu mineirês (kkkk), eu achei que você mandou muito bem!

    Abração procê,

    Leonardo G. Silva

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui