Refutando Silas Malafaia – parte 2

7
80
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
.
Dessa vez não serei eu, o Russel Shedd ou o Paulo Romeiro que vai refutar as heresias pregadas pelo sr. Silas Malafaia, e sim o próprio Silas Malafaia!
.
Pasmem se quiserem, mas o vídeo abaixo reune trechos de duas pregações do nosso pastor-psicólogo, delineando o antes e o depois do mais novo arauto da teologia da prosperidade.

Sr. Malafaia: “Quem te viu, e quem te vê”…

.
***
Veja também:
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

7 COMENTÁRIOS

  1. E todo aquele que tiver deixado casas, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou mulher, ou filhos, ou terras, por amor de meu nome, receberá cem vezes tanto, e herdará a vida eterna.Mateus 19:29
    E a todo o homem, a quem Deus deu riquezas e bens, e lhe deu poder para delas comer e tomar a sua porção, e gozar do seu trabalho, isto é dom de Deus. Ec 5:19
    Aí está a prova de que é lícito gozar dos bens que vêm das mãos do Senhor, é contra a pura pregação da prosperidade nas igrejas que fala o pastor, cuidado.. a bíblia também adverte o falar contra os ungidos do Senhor.
    Salomão diz que até um tolo passa-se por sábio se fica calado. Paz do Senhor.

  2. Caro Hamilton Fernandes;

    Não tenho nenhuma dúvida da “legalidade” de se usufruir dos bens que Deus nos dá. Jamais questionei isso e se você realmente pensa que esse é o meu posicionamento, deve ser porque o irmão é novo aqui no “Pulpito”.

    O que eu questiono é esse evangelho em que se ensina que o homem deve exigir bens de Deus, onde Ele é apresentado como um vassalo subserviente dos crentes, uma espécie de Papai Noel gospel que dedica seu tempo a atender os caprichos de seus filhos mimados.

    Quanto a receber “cem vezes mais filhos”, creio que ninguém quer ter tantos filhos assim, e uma promessa como essa seria uma loucura, já que ninguém pode ter 100 filhos – logo, entendemos que essa promessa tem um significado espiritual, correto? Do mesmo modo, Jesus jamais apoiaria que o crente tivesse 100 mulheres, pois Jesus e os apóstolos condenaram a poligamia como sedno uma forma de adultério. Ora, caro Hamilton: o mesmo principio de interpretação deve ser aplicado também às terras, aos irmãos, aos bens e às demais promessas. Elas são espirituais, e não materiais.

    Tem muito crente lá na África, no nortão de Minas e em comunidades ribeirinhas no Amazonas comendo peixe com farinha, e nem por um minuto eles ousam questionar a bondade de Deus ou determinar bençãos aqui e acolá. Eles simplesmente entenderam que “o reino de Cristo não é deste mundo” e que “o evangelho de Cristo Jesus é PODER de Deus para a SALVAÇÃO de todo o que crê”.

    Sem mais para o momento, te desejo um ano novo repleto de todas as bençãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo Jesus. (Ef 1.3)

    Em Cristo Jesus;

    Leonardo G. Silva

    Disse Jesus:

    “Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam. Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam, nem roubam. Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração.” – Mt 6.19

  3. Lucas 12:19 E direi a minha alma: Alma, tens em depósito muitos bens para muitos anos; descansa, come, bebe e folga.
    Lucas 12:20 Mas Deus lhe disse: Louco! esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será?

  4. Caro Leonardo,

    Sabe que conheci o evangelho de Cristo aos 16 anso de idade e sempre sonhei em minha inocência em fazer missões, pois bem, fui atrás de um preparo para tal. Fiz o Bacharel em Teologia passei quatro anos estudando de segunda a sexta, comprando livros somente para pregar o evangelho de Cristo, tendo sempre compromisso com as verdades bilicas.

    Não perdi jamais a chamada de missões, hoje sou responsavel pelo Dep. de missões da igreja da qual sou membro e estamos atuando em prol da salvação de almas sempre.

    E partilho da mesma opinião que você, eu já não aguento mais tantas pessoas usando o evangelho como ferramento de ganho pessoal, pessoas que segundo sua "Cosmo visão" distorcem as verdades biblicas em nome da moeda.

    Lideres que mudam de oponiam segunda sua necessidade ministerial, lideres que ensinam um evangelho de barganha, lideres que vendem tudo dentro das igrejas, cura, milagres, vida sentimental, tudo em troca da moeda.

    Quando olhamos na América a queda dos "grandes tele-evangelistas" nos anos 80 percebemos que caminhamos para o mesmo fim.

    Congrego numa igreja de bairro bem pequena e quando vejo os novos convertido tento protegê-los disso tudo, porém é muito difícil os lobos são muitos e estão a solta.

    Acredito na graça (que foi de gratis) e não na compra, hoje exitem em nosso meio muitos "Jonh Tetzel's" vendedores de indulgências.

    Um forte abraço de um irmão em Cristo, Ele mesmo que ofertou sua vida por nós.

    Fábio Beltrame

  5. É o final dos tempos mesmo, os próprios cristãos se degladiando e o que é pior falando mau de homens que tem levado multidões a seguirem a cristo e se converterem dos seu maus caminhos.E a tal unidade da igreja onde está? E vocês que criticam o que tem feito para levar pessoas paro o reino do pai, dizer que é crente até o diabo diz mais a fé sem obras é morte, infelizmente encontrei esse blog por a caso, mas fico indignada em ver que até no meio cristão temos muitos fariseus. Isso sim que não é do agrado de Deus, só quem sabe e pode julgar se é certo ou errado
    é Deus que é o rei dos reis.

  6. Só sei de uma coisa,é que essa teologia da prosperidade tem afetado as igrejas de uma forma obscura,e muitos lideres cristãos tem aderido esse sofisma, infelizmente,Onde que a bíblia diz que TODOS os cristãos tem que ser rico,caso contrario é sinomino de falta de fé ou de maldição(podreza) ..joão filho de imperatriz maranhão..

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui